EDUCAÇÃO BÁSICA

A Educação Básica tem papel fundamental na formação do caráter, das convicções, das emoções, nas relações com o outro e com o ambiente. Nesse período, as crianças e adolescentes são moldados conforme as informações e as situações geradas nos ambientes escolar e familiar. Comprometida com o aprendizado para a vida, a CNEC atualizou sua Proposta Pedagógica, ampliada ao longo de 2018. Considerando como referência os pilares da Educação indicados no Relatório Delors, da UNESCO, a CNEC evidencia as abordagens cognitiva e humanista

para ensinar a criança a conhecer, fazer, conviver e a ser um indivíduo íntegro e capaz de usar conhecimentos para solução de situações reais.

A CNEC reconhece as competências e habilidades do século XXI – letramento essencial, competências e qualidades de caráter – como a formação necessária para toda a vida. Essa percepção está alinhada com a Base Nacional Curricular Comum (BNCC), e projeta-se no sentido de contribuir para formação de uma sociedade mais justa, democrática e fraterna.

A CNEC educa para uma postura ativa, resiliente e desafiadora, para que o aluno aprenda a EMPREENDER. Esse processo de construção do ser ocorre de forma gradual e ampliada, cujo resultado é fruto de vivências, da autonomia e da intuição.

No Ensino Médio, as aprendizagens humana e científica têm ainda mais espaço, com foco em atitudes e valores, pois são os primeiros passos para as escolhas e definição do projeto de vida.

O professor passa a ser um encorajador da busca pelo conhecimento. Monitora, corrige, instrui, motiva e ajuda a despertar talentos, enquanto o estudante assume o protagonismo de seu aprendizado. O docente se une à plateia no mundo das descobertas e incentiva ao questionamento e à visão crítica.

Os gestores, por outro lado, ocupam-se do cumprimento dos propósitos, com foco na educação transversal e de qualidade; garantindo que a proposta pedagógica se materialize de acordo com a expectativa da Rede, dos pais, das comunidades e dos alunos. A visão do diretor deve estar na prestação de serviços hoje, com o olhar para o futuro, novas tecnologias, tendências e no planejamento.

Por fim, a CNEC traz em sua nova Proposta Pedagógica um capítulo especial sobre a Educação Inclusiva, tradicional e reconhecida na Rede. Neste aspecto, o olhar é para a convivência saudável, equilibrada e sem distinções.

AUTOAVALIAÇÃO

A necessidade de um monitoramento sistemático do impacto do Sistema de Ensino CNEC na evolução do aprendizado dos alunos, levou à criação do Exame Nacional das Esconas CNEC – ENEC. Uma ferramenta de gestão da aprendizagem que possibilita a retomada dos processos e a aferição dos resultados da competência pedagógica.

Desde 2006, o Sistema de Ensino CNEC promove o Exame Nacional da Escolas CNEC – o ENEC. É uma avaliação realizada com alunos do 2º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio, via plataforma digital, que traduz a eficácia da proposta de ensino em diferentes fases do aprendizado.

A nova Proposta Pedagógica da CNEC divide este monitoramento em três momentos: início do ano letivo (avaliação diagnóstica), final do primeiro trimestre e no terceiro trimestre. Desta maneira, é possível avaliar o conteúdo em cada etapa, mensurar a presença dos docentes como incentivadores do saber, o suporte dado pela Rede e as competências desenvolvidas até o momento da última etapa de análise.

Desde 2006, o Sistema de Ensino CNEC promove o Exame Nacional da Escolas CNEC – o ENEC. É uma avaliação realizada com alunos do 2º ano do Ensino Fundamental à 3ª série do Ensino Médio, via plataforma digital, que traduz a eficácia da proposta de ensino em diferentes fases do aprendizado.

 

A nova Proposta Pedagógica da CNEC divide este monitoramento em três momentos: início do ano letivo (avaliação diagnóstica), final do primeiro trimestre e no terceiro trimestre. Desta maneira, é possível avaliar o conteúdo em cada etapa, mensurar a presença dos docentes como incentivadores do saber, o suporte dado pela Rede e as competências desenvolvidas até o momento da última etapa de análise.

EXAME NACIONAL DO ENSINO MÉDIO - ENEM

O ENEM se consolidou como instrumento de avaliação e, sobretudo, como passaporte parao ingresso no Ensino Superior, uma vez que viabiliza o acesso às universidades públicas, o alcance a Bolsas de Estudos pelo PROUNI – Programa Universidade para Todos e, também ao financiamento estudantil – FIES.

Para este momento de oportunidade, os alunos CNEC vivenciam experiências que favorecem a preparação para esse exame: entre as experiências destaca-se o Esquenta ENEM – programa que oferece uma série de aulas, ao vivo, que abordam as áreas do conhecimento abrangidas pelo Exame. Os estudantes podem tirar dúvidas e direcionar estudos de forma mais estratégica para a aprovação.

Resultados ENEM 2017:

CNEC 2019 - Todos os direitos reservados

Fechar Menu